Bazar na Casa

Back to homepage

A atividade de bazar na Casa Espírita pertence ao setor de Assistência Social e é destinada às famílias socialmente carentes que não podem participar dos bazares realizados nos bairros da cidade. Este Setor trabalha praticamente com roupas que são comercializadas a preços bem atraentes. Àqueles que não tem condições de adquirir, uma equipe do Setor de Visita aos Lares Carentes vai até a família para ver suas reais condições. A partir daí, são tomadas as medidas cabíveis para o atendimento das suas necessidades.

Os valores adquiridos são repassados para as atividades assistenciais da instituição. Trabalhamos com o sistema de bazar para evitar a esmola, uma vez que esta humilha e degrada o ser humano e, também, para evitar criar dependência da instituição por pessoas que possuem boa saúde e muitas vezes ainda jovens em plena capacidade para o trabalho. Cada caso é atendido em conformidade com as necessidades do assistido.

Neste bazar as roupas são classificadas e dispostas num sistema como numa loja. As famílias podem com pouco dinheiro adquirir muitas peças de roupas semi-novas e até mesmo novas. As doações para o bazar são efetuadas pelos sócios, pelos participantes do Estudo Sistematizado e por frequentadores.

O bazar é realizado sempre aos sábados das 14h às 16h, por uma equipe do setor.

Os valores adquiridos são repassados para as atividades assistenciais da instituição. Trabalhamos com o sistema de bazar para evitar a esmola, uma vez que esta humilha e degrada o ser humano e, também, para evitar criar dependência da instituição por pessoas que possuem boa saúde e muitas vezes ainda jovens em plena capacidade para o trabalho. Cada caso é atendido em conformidade com as necessidades do assistido.

Àqueles que não tem condições de adquirir, uma equipe do Setor de Visita aos Lares Carentes vai até a família para ver suas reais condições. A partir daí, são tomadas as medidas cabíveis para o atendimento das suas necessidades, o que poderá ser a troca por meio turno de trabalho para dar dignidade ao necessitado.

Todos os sábados das 14h às 16h.

Os valores adquiridos são repassados para as atividades assistenciais da instituição. Trabalhamos com o sistema de bazar para evitar a esmola, uma vez que esta humilha e degrada o ser humano e, também, para evitar criar dependência da instituição por pessoas que possuem boa saúde e muitas vezes ainda jovens em plena capacidade para o trabalho. Cada caso é atendido em conformidade com as necessidades do assistido.