Desencarne de Suely Caldas Schubert


“Não estamos na obra do mundo para aniquilar o que é imperfeito, mas para completar o que se encontra inacabado”. Com esta frase de Emmanuel, Suely Caldas Schubert iniciava artigo publicado na revista Reformador (FEB), em abril de 1982. Suely que vivia o lema “Ama, trabalha, espera e perdoa” em suas tarefas diárias, deixou para o Movimento Espírita contribuições em busca desta completude por ela mesma lembrada para a elevação da humanidade.

Saiba mais informações clicando aqui.

1