Desencarnação de Anna Prado

Desencarnação de Anna Prado
image_pdfimage_print

Anna Prado foi uma médium que se destacou pela realização de materializações em Belém do Pará. Pioneira na prática de efeitos físicos no Brasil, colaborou com o escritor Raymundo Nogueira de Faria na preparação da obra “O Trabalho dos Mortos”, publicada em 1921. O livro detalha os fenômenos de efeitos físicos de materialização dos espíritos. Nascida no município de Parintins-AM, não conta com muitos registros de sua infância. O casamento com Eurípedes de Albuquerque Prado no ano de 1901 fez com que a médium começasse a quebrar as resistências e compreender os processos que vivia. Um dos feitos mediúnicos memoráveis de Ana foi registrando em 28 de abril de 1921, quando o espírito de Rachel Figner se materializou na presença de seu pai, Frederico Figner, diretor da conceituada Casa Edison, no Rio de Janeiro. As materializações foram registradas em fotografias, também foram produzidas moldes em parafina de flores, mãos e pés materializados. O fenômeno teve ampla cobertura da imprensa regional à época, muito contribuindo para a divulgação da Doutrina Espírita.

 

111

Categories: Notícias