Quando veio Jesus

image_pdfimage_print

Nunca mais o mundo foi o mesmo depois que a Luz desceu das formosas amplidões siderais e albergou-se no seio agreste da Terra ensombrada.

Jamais nosso planeta fora visitado por tão sublime Embaixador celeste cujos códigos de puro amor destinavam-se ao crestado solo dos corações humanos.

Não haverá, até então, uma tão segura e perfeita diretriz iluminando os caminhos, fecundando a imensidão do Orbe…

E, em se fazendo ouvir, jamais alguém cantara tão suaves e doces promessas, tão serenas e cândidas consolações…

Jamais alguém oferecera tão profunda paz…

Ele viera com a legítima sinfonia da Verdade em seus lábios divinos e muitos não o quiseram escutar…

Busquê-mo-lo, nós outros, neste Natal!

Ele possui tudo aquilo de que carecemos e não pode ser comprado nas vitrines do mundo nem pode ser extraído das ilusões materiais.

Ele é tudo o de que necessitamos.

Louvado seja Seu Nome!

Um amigo da Casa


Mensagem psicografada 19/12/09, por Lucimar Laidens, por ocasião do Natal de 2009, Centro Espírita de Caridade Dias da Cruz – Passo Fundo – RS